Sites Grátis no Comunidades.net

Rating: 2.8/5 (508 votos)

ONLINE
1





 

 

    

   

    

   

   

 




LeiGrátis News.


NHVUXPor Gospel+ - Biblia Online

vux   Reinaldo Carlos. 

Código de conduta: É um conjunto de regras para orientar e disciplinar a conduta de um determinado grupo de pessoas de acordo com os seus princípios. É geralmente utilizado por empresas, organizações, classes profissionais ou grupos sociais.
Regra: s.f. Princípio, norma, preceito: as regras da polidez, da gramática.
Ordem, disciplina.


 Postulados éticos que influenciam a sociedade:

    
O professor Norman Geisler* alista seis questões básicas na ética normativa, que de certo pressionam a consciência do cristão que vivencia a sua fé nestes tempos de relativização ética, são elas:


   a) Antinomismo: Literalmente "contra a lei". Afirma que não há nenhum princípio moral que aplicado às circunstâncias da vida, nos permita estabelecer em referencial de certo ou errado. Em síntese, admite que não há normas.
   b) Generalismo: Sustenta que uma ação pode ser errada, geralmente, mas nem sempre o será, estabelecendo um padrão moral circunstancial por admitir que não há normas universais.
   c) Situacionismo: Admite que há uma norma universal, mas admite também que as circunstâncias são tão radicalmente diferentes para que exista uma única regra universal para ser observada. Para os situacionistas, somente o amor permanece como norma universal capaz de se adaptar a todas as situações. O amor pode tornar um ato moralmente correto e só a falta de amor faz um ato amoral.
   d) Absolutismo não-conflitante: Admite que há muitas normas universais válidas sem conflito entre si, admitindo, porém, dualidades de idéias, desde de que se preserve o ideal comum no cumprimento do dever.
   e) Absolutismo ideal: Admite que há muitas normas universais que as vezes são conflitantes entre si, mas que violar uma dessas normas é moralmente errado, não existindo precedentes. O problema aqui é o abismo entre o ideal e o real, pois vivemos, acertamos e erramos, no mundo real e não no universo ideal. No mundo ideal ninguém infringe normas.
   f) Hierarquismo: Admite que há muitas normas éticas universais hierarquicamente ordenadas que diferem entre si em grau de importância, de modo que, diante de um conflito ético, o homem se obriga a obedecer a norma mais elevada nesta estrutura.

*Norman L. Geisler (n. 1932) é um apologista cristão e co-fundador do Southern Evangelical Seminary localizado em Charlotte, Carolina do Norte. Ele foi professor universitário por cinqüenta anos e tem falado ou discutido em todos os estados americanos e em vinte e cinco países. Ele é Ph.D. em filosofia pela Loyola University Chicago.

O que é Ética e Moral:

No contexto filosófico, ética e moral possuem diferentes significados. A ética está associada ao estudo fundamentado dos valores morais que orientam o comportamento humano em sociedade, enquanto a moral são os costumes, regras, tabus e convenções estabelecidas por cada sociedade.

Os termos possuem origem etimológica distinta. A palavra “ética” vem do Grego “ethos” que significa “modo de ser” ou “caráter”. Já a palavra “moral” tem origem no termo latino “morales” que significa “relativo aos costumes”.

Ética é um conjunto de conhecimentos extraídos da investigação do comportamento humano ao tentar explicar as regras morais de forma racional, fundamentada, científica e teórica. É uma reflexão sobre a moral.

Moral é o conjunto de regras aplicadas no cotidiano e usadas continuamente por cada cidadão. Essas regras orientam cada indivíduo, norteando as suas ações e os seus julgamentos sobre o que é moral ou imoral, certo ou errado, bom ou mau.

No sentido prático, a finalidade da ética e da moral é muito semelhante. São ambas responsáveis por construir as bases que vão guiar a conduta do homem, determinando o seu caráter, altruísmo e virtudes, e por ensinar a melhor forma de agir e de se comportar em sociedade. 
O significado de Ética e Moral está na categoria: Filosofia.


Meu ponto de vista.

Partindo dessa análise fica a pergunta, como então observar esses conceitos? Não é a busca por quem está certo ou errado ou, tendo uma conduta cristã ou não, afinal, como definiremos conduta cristã se alguns valores (costumes), foram deixados de lado em detrimento de uma nova organização eclesiástica que tenta resgatar um modelo que, não me atreverei a dizer ultrapassado, mas, se fez necessário e com o aval do Espírito Santo para uma época específica que é a da implantação da Igreja visível pelos apóstolos. Para tanto, cabe uma observação muito pertinente, a percepção do Corpo de Cristo está sendo abandonada pela igreja atual, explico, há um corpo de cristo alheio a cabeça, pois, a cabeça que tem regido o caminho da igreja atual está mais inclinada para as coisas da alma do que na verdade às coisas espirituais.

Um rebanho conduzido pelo poder da alma, não pode receber o alimento eficaz para produzir o crescimento saudável do Corpo, a alma inventa métodos, o espírito está pronto basta ligá-lo ao Espirito de Deus e o resultado não poderá ser outro senão o crescimento sustentável apesar das circunstâncias.  

 


 

 


 

 


 

 

 

 




Reinaldo Carlos Rocha é Editor do Site.

© Copyright 2011-2013 - Não há restrições para uso das informações aqui contidas, porém cite as fontes, para estudos relacionados as fontes não são citadas por motivos óbvios.
Copyright 2013 ©